quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Literatura como vício

"Mais saudade tenho dos tempos em que qualquer livro me divertia, todos os livros eram bons. Livros são como drogas, a cada dose a gente fica mais exigente querendo sempre mais. Se vc usa a mesma quantidade não sente nada. E viciam, como viciam. A gente começa a fazer de tudo para conseguir uma dose mais forte. Ultimamente tenho achado todos os livros tão fraquinhos."
Eu em Janeiro de 2003.

Nenhum comentário: