quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Perigo

Sou uma mulher altamente psicotizante, rs, com alto potencial de fazer os homens brocharem.


Tem um motel na minha cidade, que era muito bem falado quando eu era adolescente. Agora é meio sem graça. Todas as vezes que fui nele foi um desastre total. Fui com meu ex lá e brigamos horrores, chorei até. Fui a primeira vez com o dançarino lá, ele praticamente não teve ereção de tão rápido que gozou. Fomos a segunda vez lá e ele gozou só de eu pegar nele, depois não subiu mais. E sim, finalmente fui a primeira vez com meu atual lá, e ele também não teve ereção! Nunca mais volto nesse maldito motel. A rigor posso dizer que eu nunca transei nele! kkkkkkk.

A minha vida sexual é sempre assim, ou estou tentando transar com um cara pra ver se namoro com ele ou estou namorando com um com quem não consigo transar. Será que eu escolho isso? Posso acreditar que essa repetição é pulsão de morte? Isso acontece porque eu escolho os homens mais problemáticos? Por que eu sou atraída por homens problemáticos? E assim volto a minha teoria dos homens difíceis...

Homens complicados. Como resistir a eles? E se homens complicados for uma redundância? Todos temos certa complexidade...

O que estou pensando é que meu atual é um homem muito marcado por sofrimentos do passado. Ele não queria se envolver, tem muito medo de amar e sofrer novamente. O pênis dele saber o que está fazendo. Está apenas tentando protegê-lo.

E eu? Eu gozo com a situação, tenho meu homem complicado. Bem complicado.

Nenhum comentário: