terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Sexo verbal não faz meu estilo...


Já passou aquela paixão inicial completamente deslumbrada. Estamos nos conhecendo, ...como adultos? rs. Na verdade já somos namorados oficialmente. E acredite, ainda não fomos pra cama! Isso me faz sentir quase falsa, por mim já teria acontecido há muito tempo. É por ele, tão antiquado, tradicional, careta. Machista seria demais? Os homens não sabem lidar com o desejo feminino. Eles só conseguem pensar em nós como objeto do seu desejo. Parece que há algo de ameaçador para eles se verem como nossos objetos...
Eles amam revestir a conquista sexual de uma série de malabarismos sociais, afetivos, psicológicos... Não minto que aprendi a apreciar a expectativa, mas vejo nessa procrastinação um prazer tão morno. Será que ele teme alguma coisa?
Eu cheguei a ponto de me perguntar: mas afinal de contas, quem está fazendo quem esperar aqui? Parece que é ele, e não eu, que está me testando, me deixando 3 meses sem a cerejinha! Jurei que não adimitiria mais esta situação. Danem-se as fantasias dele, dane-se tudo! Quando você transa com um cara em pouco tempo e ele acha que você é uma "desfrutável" (rs) ótimo, menos um machista na sua vida.
Viu, eu sei que não custa muito realizar as fantasias da pessoa amada. No caso a maior fantasia dos homens hoje é correr atrás de uma mulher que não quer sexo. Eles adoram acreditar que não gostamos de sexo como eles. Eles amam achar que estamos "dando" algo que somente eles querem gozar, que somente eles estão aproveitando. A vantagem consistiria nisso.
Essa semana foi pesada, escutei duas pérolas:
- Uma mulher que sinta algo com um cara ao ficar com ele no primeiro encontro só pode ser uma vagabunda.
- Sexo sem amor é promiscuidade.
A primeira é de minha mãe e a segunda é do meu namorado, pasmem.
Eu vou sobreviver. Vou mentir o máximo que puder pra ele só para depois conservá-lo como objeto sexual.
Estou sendo cruel, mas gosto dele, de verdade. Quero que as coisas se desenvolvam, ele parece ser uma boa pessoa e eu não espero mais que compreensão e tesão de um relacionamento. É essa minha fórmula do amor por enquanto. Acho que com capacidade de aceitar o outro e um bom sexo, pode-se ajeitar tudo.

Nenhum comentário: