segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Um olhar, uma luz ou um par de pérolas...


Descobri porque estava estranhando minhas postagens. É que eu estava escrevendo pela manhã. E nunca é a mesma coisa, como já expliquei em alguma postagem.
Saí para dançar esse fim de semana. E resolvi seguir o conselho do Carlos Eduardo (vide comentários da postagem anterior). Observei à minha volta até encontrar uma vítima. E troquei uns olhares. Mas já havia outra moça investindo nele. Ele parecia estar resistindo a ela... ou fazendo a dança do acasalamento, sei lá.
Então, fui para o centro da pista com meus amigos. Dançando, dançando apareceu um rapaz que passava por perto toda hora, às vezes dançava ao meu lado, mas não parecia interessante e o boné escondia um pouco seu rosto, preferi nem reparar direito para que ele não se apresentasse. Algum tempo depois, repentinamente ele começou a dançar na minha frente, achei isso engraçado, exagerado, meio absurdo e quando olhei para o rosto dele... Um olhar que talvez possa ser descrito como olhar 43, mas era muito mais. Eu apenas ri, não podia olhar pra ele sem rir. E se não bastasse a sagacidade, os olhos ainda eram verdes.
Achei isso hilário. Eu pretendia seduzir e acabei sendo seduzida com apenas um olhar.
Sempre me interessei por coincidências. Sou uma boa neurótica que adora números repetidos, encontros/desencontros, histórias de pura sorte. Uma dessas bobagens que mais me chamaram a atenção na adolescência foi o nome das pessoas. Eu notei que sempre me interessava por algum Thiago e que nunca dava certo. Depois de crescidinha tentei superar o trauma e namorei dois exemplares diferentes desses moços, mas deu errado novamente. É um nome tão comum, esses acasos vão me perseguir a vida toda... É claro que eu gostaria que tivesse um sentido, droga.
Se eu vir esses olhos verdes novamente, vai ser mais um para a coleção.

She's a carioca
(Celso Fonseca/ Tom Jobim)

Ela é carioca, she's a carioca
Just see the way she walks
Nobody else can be what she is to me
I look and what do I see
When I look deep in her eyes

I can see the sea
A forgoten road
The caressing skies

And not only that, I'm in love with her
The most exciting way
It's written on my lips
Where her kisses stay
She smiles and all of a sudden
The world is smiling for me

And you know what else
She's a carioca
Ela é carioca

Ela é carioca, ela é carioca
Basta o jeitinho dela andar
Nem ninguém tem carinho assim para dar
Eu vejo na luz dos seus olhos
As noites do rio ao luar
Vejo a mesma luz
Vejo o mesmo céu
Vejo o mesmo mar

Nenhum comentário: